Como gerar Insights com o Power BI
janeiro 28, 2020
Metodologia 5S: O que é e como aplicar no dia a dia
fevereiro 13, 2020
Exibir tudo

Afinal, o que é IoT?

A IOT  vem na sociedade como histórico para na indústria tecnológica nestj4es últimos anos. Sua evolução traz diversos benefícios em tornar o mundo mais conectado. Nisto, com ela, é possível gerar melhor os negócios através dos dispositivos e melhoramos as perspectivas.

De fato, a IOT integra-se na sociedade e com o meio ambiente através dos dispositivos físicos. Será que as pessoas e organizações estão preparadas para essa nova tecnologia?! Vamos abordar neste artigo mais informações sobre este assunto.

Evolução Histórica da IOT

O conceito IOT (Internet of Things), vem do inglês e sua tradução significa: Internet das coisas. Historicamente, surgiu em 1990 pelo desenvolvedor americano John Romkey, ele acredita que o mundo pode se tornar mais fácil e as pessoas podem economizar tempo com a IOT. Ele apresentou a ideia na conferência INTECOP 89, no qual permitia o funcionamento de uma torradeira através da Internet. Após alguns desafios foram impostos pela diretoria do evento sobre a eficácia do objeto, Romkey melhorou o projeto conectando a torradeira a um computador em uma rede de TCP/IP. Isso tornou-se um sucesso na época mesmo o pão sendo inserido manualmente, no ano seguinte a operação estava sobre utilização de um robô guindaste.

Afinal, o que é IOT?

O termo IOT veio emplacar mesmo no mercado por volta do ano 1999 por Kevin Asthon, utilizando deste título ao ministrar uma palestra na P&G (Protect and Gamble). Asthon surpreendeu os executivos ao utilizar um sistema em REFID para rastrear os produtos na cadeia de suprimentos. Com essa nova descoberta em 2003 foi possível a criação da EPC – Network Eletronic Code.

O EPC é um código eletrônico onde permite a identificação automática dos objetos, vindo como facilitador na melhoria da cadeia de suprimentos nas empresas. Mais tarde organizações como WallMart e departamento de defesa dos Estados Unidos estavam utilizando da tecnologia para controlar os estoques. Algum tempo depois a LG, no qual projetou em 2000 uma geladeira conectada à internet por intermédio do próprio sistema.

Melhorias após a evolução

Com a IOT os processos teve por melhoria, passando ser muito utilizados mundialmente através da REFID. A International Telecommunications Union (ITU) publicou um artigo em 2005 sobre a Internet das Coisas sobre o assunto. Ela apontou que existe a conexão por meio de tecnologias, como: Sensores, rede de sensores sem fio, RFID e nanotecnologia e etc.

Alguns anos depois em 2011, a ITU publicou um outro documento havendo padronização global para a criação de objetos. Nisto, graças a IOT conseguimos possuir soluções mais inteligentes e agora em 2018 as tendências só tendem a aumentar.

Segundo o gráfico apontado pelo Gartner, podemos perceber o que podemos esperar da IOT nos próximos anos e sua relevância perante aos setores no mercado. Evoluído mundialmente as empresas só tendem a se beneficiar deste novo recurso, vamos apresentar abaixo alguns benefícios:

Vantagens em possuir tecnologia IOT

1. O trabalho ficará mais seguro:

2. Eficiências nos processos;

3. Redução de custos na eletricidade e produção;

Através das vantagens abordadas acima, chegamos ao seguinte pensamento:

A internet está se transformando na praça central da aldeia Global do amanhã. “

Bill Gates

Conforme a frase do Bill Gates, percebemos que a Internet da Coisas vem através dos tempos nos mostrar que é possível tornar as coisas mais eficientes e faceies.

O Brasil tem uma forte tendência em crescer com a IOT, e hoje com a indústria 4.0 precisamos expandir e acompanhar a evolução. Uma reportagem sobre assunto recém publicada pela revista Exame negócios diz o seguinte: “No Brasil, segundo um estudo da Confederação Nacional da Indústria, estamos engatinhando: apenas 2% das fábricas estão prontas para o novo salto tecnológico. Pior: 76% das empresas se encontram ainda nos estágios 1 e 2 de adoção de tecnologias — nem sequer chegaram à indústria 3.0”.

Uma outra reportagem na revista oDestak diz que no Brasil possui em média 116 Milhões de pessoas conectadas a internet. Se formos colocar isto numa balança percebemos que possuímos a capacidade em unir nossa disponibilidade de conexão juntamente com nossos objetos. Portanto, cabe as organizações darem esse “start” afim de, melhorar os negócios e incluindo também a ciência da Internet Artificial.

Até o próximo post!

Abrir chat
Você precisa de ajuda?
Olá! Posso lhe ajudar?